15 Tendências para Redes Sociais em 2014

15-TENDENCIAS

1) Facebook é mídia. E esta só potencializa a informação com verba. A sua campanha sempre terá que ter uma verbinha para otimizar seus posts, do contrário, pouca gente vai ver.

2) A rede social de 2014 será o Google+, certamente. A rede acaba de lançar uma série de novidades e uma delas é a possibilidade do usuário editar seus vídeos na própria plataforma. Quer coisa melhor para humanizar uma marca?

3) Grupos no LinkedIn: não basta ter um perfil. As empresas estão criando grupos para realmente conversar com seus públicos.

4) Missão no Instagram com vídeos. Você já deve ter escutado sobre Instamission (missão fotográfica proposta pelas marcas aos seus consumidores através de fotos) certo? Pois bem, agora a onda é pedir para o usuário gravar vídeos em campanhas através de hashtags.

5) MySpace voltou com tudo. E o melhor: otimiza a sua marca no Google.

6) Web é imagem e o trabalho dos designers ganha ainda mais força. O melhor amigo do social media é este profissional.

7) Painel no Pinterest otimizado. Transforme seus serviços em paineis do Pinterest, eles otimizam muito a sua marca no Google.

8) Copa do Mundo: alguém duvida que o Brasil vai estar no topo das redes sociais em 2014 por causa dela? Vá pensando em como a sua marca vai se posicionar.

9) Conteúdo mobile: o seu cliente acessa a sua fanpage de qual plataforma? Lembre-se de adaptar o conteúdo para esta plataforma.

10) Twitter apenas como SAC. Tristes com o engajamento baixo, muitas empresas estão deixando claro que optarão pelo Twitter apenas como canal de atendimento e relacionamento com o consumidor.

11) Retargeting: colocar anúncios nas mídias sociais baseando-se na interação dos usuários com o seu site é efetivo e dá resultados.

12) Pesquisa de mercado através de redes sociais. É mais barato que pesquisas convencionais e você consegue, por exemplo, ver a recepção de sua marca em determinado público/região a partir de anúncios no Facebook.

13) Agências produtoras. O YouTube já é o segundo buscador mais acessado do mundo.Faça vídeos! As agências digitais terão duas alternativas: fazer parcerias com produtoras de vídeos ou oferecer este serviço.

14) TV, comerciais e as hashtags. Já notou que agora a maioria dos programas de televisão lançam as suas hashtags? É a forma de ver a repercussão ao vivo de um fato/capítulo. As marcas também passarão a usar este apelo em seus comerciais na TV.

15) Bate-papo em todas as redes. Acuado pelo Snapchat, Instagram quer lançar ferramenta de bate-papo. E não duvide que o Pinterest e o Foursquare vão fazer o mesmo.

Os principais erros das empresas nas redes sociais e o comportamento dos internautas

Olhar para os deslizes já cometidos e conhecer o comportamento dos internautas nas redes sociais, pode ajudar as empresas a não cometer os mesmos erros

Antes de iniciar a atuação da sua empresa em mídias sociais, é importante analisar o que concorrentes e empresas em geral já realizaram nesse meio. Além de apontar caminhos a serem trilhados, essa análise pode ajudar a aprender com as falhas já cometidas por outros empresários.

5 pecados das pequenas empresas nas redes sociais

Confira abaixo os principais erros cometidos por empresas em mídias sociais:

1. Falar antes de escutar
Tem algo para dizer? Escute antes o que seu público está falando. Um trabalho de monitoramento prévio no início de sua ação vai ajudar a fundamentá-la e entender a linguagem de seu público. Entender como sua empresa é vista e falada em redes sociais é o primeiro passo para uma estratégia bem sucedida.

2. Ser egocêntrico
Seus consumidores não vão curtir sua página no Facebook para ouvir você detalhar as maravilhas dos produtos e serviços que sua empresa oferece. Não fale apenas de si mesmo. As pessoas estão interessadas em conteúdos e experiências. Encontre uma causa ligada ao negócio de sua empresa e aos interesses de seu público e poste conteúdos inspiradores como fotos, imagens e notícias.

3. Intrometer-se em conversas
Ao monitorar redes sociais, você vai encontrar diversas oportunidades de diálogo. Aqui, vale a etiqueta utilizada no cotidiano: você não pode interromper uma conversa entre um grupo de pessoas para anunciar seus serviços.

4. Ser arrogante
As mídias sociais deram grande poder ao consumidor, que pode facilmente tornar pública a má experiência com uma marca. Sua empresa deve aprender a reconhecer erros publicamente e ser humilde.

5. Não ter regularidade
Ser inconstante na publicação de conteúdo é um erro comum. É o caso de empresas que postam cinco conteúdos em 15 minutos e depois ficam dois dias sem falar nada. Determine uma frequência para seus posts e esquematize dias e horários para publicação dos conteúdos.

Para poder se comunicar com seu público nas mídias sociais, você tem que conhecer seus comportamentos. Veja o infográfico que aponta o comportamento dos internautas nas redes sociais:

comportamento_redes_sociais

fonte: exame abril

Internautas gastam em média 10 horas e 26 minutos em redes sociais

Dados relativos a janeiro apontam 53,5 milhões de usuários ativos na internet no Brasil e 40% da população de São Luís acessa a rede social

relogio_faceFoi realizada uma pesquisa pelo IBOPE Media, que verificou que em janeiro de 2013, os internautas brasileiros passaram em média 10 horas e 26 minutos em páginas de redes sociais. O número representa um crescimento de 13,5% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

No mesmo mês, também foi constatado que os usuários passaram mais tempo em sites de vídeos e filmes, em relação ao mesmo período de 2012. Houve um crescimento de 14,8 % em comparação a 2012, totalizando 1 hora e 52 minutos de acesso por usuário.

Os dados são do Net Insight, estudo do IBOPE Media, e revelam também que, em janeiro, o número de brasileiros com acesso à internet em ambiente domiciliar e de trabalho chegou a mais de 72,4 milhões de pessoas, das quais 53,5 milhões se comportaram como usuários ativos da rede, ou seja, visitaram ou viram páginas e sites no período. No média mês o maior pico de acessos aconteceu às 17 horas, quando 73% dos usuários estiveram conectados.

Em relação a faixa etária, a mais ativa é entre 25 a 49 anos, que correspondem a 52,7% dos usuários ativos da rede.

Em relação as categorias de sites mais acessadas, foram os sites de busca, portais e comunidades, seguidas das páginas de telecomunicações, serviços de internet e entretenimento.

O Mercado Local

De acordo com uma pesquisa uma pesquisa da agência Teaser Propaganda, São Luís possui um número considerável de usuários no facebook. Quase a metade da população da capital já acessa a rede social, é um numero bastante expressivo (como mostra na imagem). Isso mostra que temos um mercado pronto para ser trabalhado.

pesquisa_teaserfonte: http://www.ibope.com/pt-br/noticias/Paginas/Internauta-gasta-em-media-10-horas-e-26-minutos-em-redes-sociais.aspx 

A Google lança vídeo feito com os óculos inteligentes

O novo gadget da Google, o Google Glass, já é um dos assuntos mais comentados nas redes sociais.

A empresa norte-amaricana divulgou no YouTube seu mais novo feito, um vídeo filmado excluisavamente com o Google Glass, os óculos inteligentes. O aparelho tira fotos, filma, faz buscas, ligações, mostra localização e mapas. O produto deve chegar ao mercado ainda neste ano.

O vídeo mostra as funcionalidades do óculos inteligente. Para tirar uma foto, a pessoa diz “Ok, Glass, tire uma foto”. A mesma lógica vale para gravar um vídeo. Se quer fazer uma busca, o usuário apenas fala “Google” e o dispositivo faz a procura com base no que a pessoa está vendo naquele momento. E mostra o resultado na telinha dos óculos.

O Glass tem o formato de uma armação de óculos com um bloco pequeno e transparente posicionado acima e à direita do olho direito do usuário (a tela do dispositivo).

Segundo o jornalista David Pogue, do “The New York Times”, o Google Glass é um “computador razoavelmente completo, ou, então, algo como um smartphone que você nunca precisa tirar do bolso”.

Foto: Reprodução/Twitter/thomashawk
Foto: Reprodução/Twitter.com/thomashawk

Veja o vídeo: